O Meu Blog

O Vale das Furnas!

O Vale das Furnas!

O Vale das Furnas!
Vale dos sonhos e de serenatas
Lugar, para escutar o bom cantar
O Santuário de muitas cascatas
A água, sempre a correr para o mar

ler mais
O Vale das Furnas!

O Vale das Furnas!

O Vale das Furnas!
Vale dos sonhos e de serenatas
Lugar, para escutar o bom cantar
O Santuário de muitas cascatas
A água, sempre a correr para o mar

ler mais
Açores!

Açores!

QUEM SOU EU!
SOU DAS ILHAS, VULCÂNICAS
DESIGUAIS, IGUAIS NA ALMA
VERDES, COLORIDAS, ROMÂNTICAS
RODEADAS PELO MAR

ler mais
Açores!

Açores!

Açores!
A beleza dos Açores
Maravilhas do outro mundo
Oceano das flores
Regaço de amor profundo

ler mais
O CÉU!

O CÉU!

O CÉU!
O CÉU, PARA LÁ CHEGAR
VIVER ENQUANTO CALHAR
SOFRER, E RECOMEÇAR
AMAR, E NUNCA FALHAR.

ler mais
Um vagabundo apaixonado!

Um vagabundo apaixonado!

Um vagabundo apaixonado!

Um vagabundo com sentimentos.
Que muito ama!
Um vagabundo do mar e vento.
Adoro sobre tudo, coisas.

ler mais
Solidão!

Solidão!

A Prancha que desafia a solidão.
No mar despeja os seus lamentos.
Em terríveis momentos de aflição
Um inverno com muitos ventos.

ler mais
Nobre, é!

Nobre, é!

NOBRE É!
NOBRE É QUEM TEM SENTIMENTOS
POR MUITO QUE SE LHE DIGA
GIRAM, EM RODA OS LAMENTOS.

ler mais
Da janela do meu mundo

Da janela do meu mundo

Da janela do meu mundo.
Observo a chuva a cair
O nevoeiro matinal impede-me.
De ver nitidamente os movimentos.
Vultos humanos se estendem.

ler mais
Na Hora do sismo!

Na Hora do sismo!

Na hora do sismo!
A noite chega e tudo acontece.
Na hora do sismo, tudo estremece.
Que me tolhe de medo!

ler mais
Equilíbrio!

Equilíbrio!

Espero que eu seja demasiado importante para si? Sabe porquê? Porque hoje fui muito mal instalado, para a noite que se passou, não sei bem o porquê?

ler mais
A DIVA

A DIVA

Mitologias, isso promete.
São deusas, coisas do amor.
Sabedoria, beleza, um corpete.
Porque demora e provoca dor?

ler mais
O BEIJO

O BEIJO

O BEIJO!
UM BEIJO, HÁ, UM AZULEJO
UM ABRAÇO UM JURAMENTO
A POESIA UM DESEJO

ler mais
A FADA DO GRENÁ, FURNAS!

A FADA DO GRENÁ, FURNAS!

As fadas… Acredito e creio nelas!
Lindas e formosas, como o GRENÁ
Outras, raparigas jovens e belas.
Vivem na natureza, estão por lá…

ler mais
SER ILHÉU É!

SER ILHÉU É!

O cheiro salgado da maresia.
Do enxofre das caldeiras
A imensidão do mar azul poesia
Ver o mundo, de imensas maneiras…

ler mais
AS SEREIAS

AS SEREIAS

As Sereias…São belas, vivem no mar.
Fruto do imaginário, fruto de dor.
Nem sempre felizes, gostam de chorar.
São lindas, nunca estão feias, são de cor.

ler mais

 CONTACTOS

 

MORADA

S. Miguel - Açores - Portugal

E-MAIL

info@palavras-ao-vento.com

    Políticas